Super banner
Esclarecimento

Hospital diz que era ‘impossível’ realizar atendimento ao paciente que morreu em frente a unidade

A nota afirma que o médico de Água Azul do Norte, Jhonatas Nascimento Teixeira não realizou a regulação do paciente José Valter Santana ao sair de Xinguara

22/05/2019 14h19
Por: André Silvestre
Fonte: xinguonline
5.232
Reprodução/Internet
Reprodução/Internet

direção do Hospital Regional de Redenção, emitiu nota de esclarecimento nesta quarta-feira (22), sobre a morte de um homem na frente da unidade de saúde na tarde de terça-feira (21). De acordo com a nota, assinada pelo diretor técnico Rodolfo Skrivan, era “impossível realizar” o atendimento ao paciente naquele momento.

Além disso, a nota afirma que o médico de Água Azul do Norte, Jhonatas Nascimento Teixeira não realizou a regulação do paciente José Valter Santana ao sair de Xinguara, como afirmou em vídeo após o fato. A ambulância foi proibida de entrar na unidade de saúde em razão do paciente não estar estabilizado.

O diretor da unidade também esclareceu que a médica que conversou com Dr. Jhonatas, Dra. Aline estava realizando um atendimento de emergência naquele momento e por esse motivo não pôde ir até a ambulância para checar o estado do paciente, que veio a óbito após mais de 20 minutos de espera na frente da unidade.

“O policial militar que foi chamado pelo Dr. Jhonatas Nascimento Teixeira, entrou no hospital, foi até o Acolhimento conversar com a Dra. Aline, constatou a realidade dos fatos e entender que realmente era impossível o atendimento imediato pela falta de suporte técnico que pudesse dar o socorro necessário para o usuário”, afirma a nota.

Confira a nota na íntegra:

Nota de Esclarecimento

A direção do Hospital Regional Público do Araguaia - HRPA, a partir do ocorrido na porta deste hospital no dia 21.05.2018, às 17h 30m e que, segundo o médico Dr. Jhonatas Nascimento Teixeira levou a óbito o paciente J.V.S, vem a público esclarecer e repor a verdade dos fatos.

O município de Água Azul do Norte mandou o médico Dr. Jhonatas Nascimento Teixeira buscar um paciente que estava na UPA de Xinguara e trazê-lo para este hospital, sem estar devidamente regulado pela Central de Regulação da 12ª CRS e sem nenhum contato prévio com o HRPA, conforme manda o protocolo que rege todas as movimentações de pacientes.

Ao chegar ao hospital, foi informado que o paciente não estava devidamente regulado e que também não existia leito e nem equipamento que pudesse dar suporte ao mesmo.

A médica do HRPA, Dra. Aline, informou que naquele momento não poderia ir até a porta do hospital para ver o paciente na ambulância, exatamente porque estava em atendimento de emergência, acompanhando um paciente até a UTI, também na tentativa de evitar um óbito.

É importante frisar que o paciente J.V.S que estava na UPA de Xinguara, já havia tido uma parada cardíaca ao adentrar naquela unidade, e que foi revertida pelo médico plantonista do local, o qual ofertou suporte avançado de vida com intubação orotraqueal, ventilação mecânica e drogas vasoativas. Independentemente da instabilidade hemodinâmica e da gravidade do paciente, o Dr. Jhonatas Nascimento Teixeira assumiu o risco ao retirá-lo e transportá-lo até o município de Redenção.

O policial militar que foi chamado pelo Dr. Jhonatas Nascimento Teixeira, entrou no hospital, foi até o Acolhimento conversar com a Dra. Aline, constatou a realidade dos fatos e entender que realmente era impossível o atendimento imediato pela falta de suporte técnico que pudesse dar o socorro necessário para o usuário.

A Direção do Hospital Regional Público do Araguaia - HRPA mais uma vez renova o respeito por toda a população paraense e, em especial pela do Sul do Pará e lamenta o ocorrido na porta deste hospital."

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Arranha ceu
Anúncio
Municípios
Banner medio
Últimas notícias
Anúncio
Mais lidas
Anúncio
Anúncio