Super banner
Justiça

Justiça bloqueia R$ 185 milhões de empresas responsáveis por queda da Alça Viária

O governador Helder Barbalho divulgou em suas redes sociais a informação de a Justiça decreto o bloqueio de R$ 185 milhões das contas das empresas responsabilizadas pelo acidente na terceira ponte da Alça Viária.

12/04/2019 01h14Atualizado há 4 meses
Por: André Silvestre
Fonte: romanews.com.br
91
Crédito: Fernando Araújo/Agência Pará/Agência Brasil
Crédito: Fernando Araújo/Agência Pará/Agência Brasil

O governador Helder Barbalho divulgou em suas redes sociais a informação de a Justiça decreto o bloqueio de R$ 185 milhões das contas das empresas responsabilizadas pelo acidente na terceira ponte da Alça Viária. A declaração foi feita nesta quinta-feira, 11.

Segundo informações da Procuradoria-Geral do Estado, as empresas atingidas pelo bloqueio são CJ da Cunha, IC Bio Fontes, Agregue, Kelly Oliveira e a Biopalma, que pertence à Vale e que comercializou a carga que a balsa transportava, e a empresa Jari, a compradora do produto.

Em nota, a Biopalma afirmou que não recebeu intimação judicial, mas adotará as medidas adequadas ao caso. Além disso, também declarou que não é proprietária da embarcação e nem contratou o seu serviço.

Leia a nota na íntegra:

“A Biopalma informa que não foi intimada da determinação judicial, mas adotará as medidas adequadas ao caso. A Biopalma informa ainda que não é proprietária da balsa e nem contratou o seu serviço. A venda dos cachos vazios de palma foi realizada na modalidade de frete FOB (Free on board), em que o comprador assume a responsabilidade integral pelo transporte da mercadoria.

A Biopalma possui licença de operação e faz a destinação ambiental adequada do material e vendeu o produto para terceiros que utilizam na geração de energia através da biomassa. A empresa está prestando todos os esclarecimentos necessários às autoridades. A Biopalma é subsidiária da Vale”.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários